A verdadeira grandeza é ser de Deus

Evangelho (Mt 20,20-28)

 

— O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

 

20Naquele tempo, a mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”.

22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. 23Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é que dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”.

24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem.26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.

 

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Grande é aquele que sabe servir seus irmãos mais necessitado. É custoso não deixarmos seduzir pelo desejo de ser grande, pois é mais fácil viver a soberba do que a misericórdia. Não podemos nos deixar seduzir por uma vida de facilidades, onde estaremos sendo servidos a todo momento. Devemos buscar servir antes de ser servidos, visto que se por a serviço enriquece a alma.

Verdadeiro campeão é aquilo que se doa para o irmãos. Em um mundo extremamento competitivo  parar para ajudar o próximo pode ser visto como um ponto negativo, tendo como pensamento que estaremos perdendo tem, estaremos deixando de ganhar, verdadeiramente não  estaremos ganhando fundos para esse mundo, porém estaremos conquistando prêmios para vida eterna.

Quem para e ajuda perde tempo para o mundo, mas ganha a eternidade para a vida futura. Devemos ter nossos olhos fitos no mundo futuro, se deixarmos de olhar para aquilo que esconde o horizonte não chegaremos longe, pois este mundo diz: vá pise seu próximo, seja grande, porém Deus nos diz: pare, ouça seu irmão. Cabe a nós escolher que caminho percorreremos.

Ensina-nos, ó Mãe, a escolher antes de tudo querer ser santos não grandes para esse mundo.

 

Deus está nas coisas pequenas

Tags

, , ,

Evangelho (Mt 12,38-42)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

Glória a vós, Senhor.

 Naquele tempo, 38alguns mestres da Lei e fariseus disseram a Jesus: “Mestre, queremos ver um sinal realizado por ti”. 39Jesus respondeu-lhes: “Uma geração má e adúltera busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal do profeta Jonas.

40Com efeito, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim também o Filho do Homem estará três dias e três noites no seio da terra. 41No dia do juízo, os habitantes de Nínive se levantarão contra essa geração e a condenarão, porque se converteram diante da pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas. 42No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará contra essa geração, e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

O grande sinal dos céus é a luz que brota dos olhos das crianças. Como é comum ver pessoas procurando coisas grandiosa quando o simples é o mais maravilhoso que podemos alcançar. Quão grande erro incidimos quando desejamos ver grandes obras quando o simples é o que fascina. Não precisamos de grande profetas, mas de bons homens que somente sabem ser gentis.

Para que acreditemos na conversão de uma pessoa solicitamos uma grande ação praticada por essa pessoa, porém uma simples lagrima pode falar tanto. Assim como exigimos de nossos irmãos também exigimos de Deus. Quantas vezes afrontamos nosso Pai obrigando-O a realizar um grande sinal para que não o abandonamos, como grande é o nosso erro.

Devemos aprender a viver o simples, a buscar o sentido das coisas, assim, a extrair o máximo das coisas, saberemos ver como pequenas coisas podem ser enormes. Não devemos viver em busca dos grandes prodígios, pois, por maior que eles sejam não serão maior que a luz do céu que recebemos todos os dias. A maior dádiva que temos é ter Deus por pai.

Ensina-nos, ó Mãe, a poder ver nas coisas pequenas a grandiosidade de Deus.

Os ouvidos são a porta do conhecimento

Tags

, , ,

Anúncio do Evangelho (Lc 10,38-42)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa.39Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra.

40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!”

41O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas.42Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

    Os ouvidos que se curvam a ouvir sabem como chegar ao infinito. Mas difícil que fixar em nossa mente um assunto complexo é aprender a escutar. Todos sabem falar dos assuntos mais diversos, é certo que uns possuem dificuldade de se expressar em público, mas todos, no íntimo de uma amizade, sabem expressar sua opinião. Porém hoje os indivíduos possuem uma grande dificuldade, a de saber ouvir.

   Na casa de Lázaro, somente Maria soube sentar-se e ouvir o Senhor demonstrando que desde sempre há uma dificuldade da raça humana de sentar-se e ouvir seu próximo. Devemos aprender a ouvir o nosso irmão, seja a escutar suas lamurias, seja a escutar um ensinamento seu. Quando fechamos novos ouvidos empobrecemos nossa alma.

    Quem sabe ouvir sabe falar, pois aprende a dizer com aqueles que sabem falar, não que devamos estar guardando tudo que é dito, mas quem ouve sabe escolher o que é bom e o que é ruim. Os ouvidos são os verdadeiros livros da sabedoria dos lábios. Como é bom sentar-se e escutar um sábio amigo, mesmo que ele esteja a contar seus desencantos.

Ensina-nos, ó Mãe Amável, a ser bons ouvintes, que saibamos abrir nossos ouvidos para a sabedoria que é proclamada dos lábio dos doutos.

 

Sabei ser filho de Deus

Tags

, , ,

Evangelho (Mt 12,46-50)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 46enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. 47Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”.

48Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. 50Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Bem-aventurado os filhos de Deus, pois conhecem o amor. Para se pertencer a uma família não basta simplesmente coabitar, se assim fosse dito seria um conceito pragmático e mentiroso. Para que se torno filho, irmão, pai, mãe e demais deve-se comungar dos mesmo sentimentos, deve-se andar junto, assim se poderá falar em pertença de uma família.

Ser filho é abraçar seus pais nas causas mais difíceis e nos momentos mais tenebrosos; ser pai é amar desinteressadamente, buscar sempre o melhor para aqueles que estão sobre sua asas, é buscar sempre ser melhor do que o dia anterior; ser mãe é ter a ternura de um fim de tarde, é ser o sol de um dia lindo, é  ser a calma que só os corações ternos possuem.

Devemos buscar ser verdadeiros em todos os atos de nossa vida, nunca vivendo uma mentira. Devemos ser verdadeiros com filhos de Deus, possuindo as qualidades necessária para pertencer a este grupo, que é: amar o próximo com a nós mesmo. Quem busca o caminho de Deus é como um sábio construtor, que busca os melhores matérias para sua construção.

Protege-nos, ó Mãe, da falsidade, para que o nosso coração nunca se curve a sedução de viver uma mentira.

Entregai-vos a Cristo, assim tereis descanso

Tags

, , ,

Evangelho (Mt 11,28-30)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse: 28“Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.

29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Todos os nossos cansaços adquiridos debaixo sol serão aliviados se entregarmos a Cristo. Neste mundo atual as preocupações costuma toma grande parte de nossa vida nos arrastando para um cansaço interminável, que nem dias de profundo repouso aliviarão. Nosso cansaço se deve por nos preocuparmos em demasia por coisas pequena. Devemos nos entregar a Deus, assim teremos descanso.

Cristo está a nossa espera, pronto para dar-nos uma vida de paz. Sede fecundos, preocupai-vos com a paz que o mundo tando anseia, assim enchereis o mundo de bons cooperadores. A uma sentença popular que diz: A vida é muito curta. Isto é uma grande verdade que deve ser analisado com um olhar santificado. Quando dedicamos nossa vida em ninharias tudo fica efêmero, mas  pomos nossa olhos no alto tudo se torna eterno.

Nossa vida se torna pesada quando nos dedicamos a coisa que não nos traz paz, devemos pôr nossos olhos sobrem as coisas eterna, que são inundados de uma luz que nos leva em suas asas para uma dimensão de glória e bençãos. Tudo fica mais difícil quando olhamos com um olhar de dificuldade, o inverso também é verdade. A leveza da paz extirpa todas as nossas preocupações.

Ensina-nos, ó Mãe, a termos nossos olhos fitos nas coisas do céu.

 

A compaixão é a força que movimenta o coração

Tags

, , ,

Anúncio do Evangelho (Lc 10,25-37)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 25um mestre da Lei se levantou e, querendo pôr Jesus em dificuldade, perguntou: “Mestre, que devo fazer para receber em herança a vida eterna?”

26Jesus lhe disse: “O que está escrito na Lei? Como lês?” 27Ele então respondeu: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração e com toda a tua alma, com toda a tua força e com toda a tua inteligência; e ao teu próximo como a ti mesmo!”

28Jesus lhe disse: “Tu respondeste corretamente. Faze isso e viverás”.

29Ele, porém, querendo justificar-se, disse a Jesus: “E quem é o meu próximo?”

30Jesus respondeu: “Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu na mão de assaltantes. Estes arrancaram-lhe tudo, espancaram-no, e foram-se embora, deixando-o quase morto.

31Por acaso, um sacerdote estava descendo por aquele caminho. Quando viu o homem, seguiu adiante, pelo outro lado.

32O mesmo aconteceu com um levita: chegou ao lugar, viu o homem e seguiu adiante, pelo outro lado.

33Mas um samaritano, que estava viajando, chegou perto dele, viu e sentiu compaixão. 34Aproximou-se dele e fez curativos, derramando óleo e vinho nas feridas. Depois colocou o homem em seu próprio animal e levou-o a uma pensão, onde cuidou dele. 35No dia seguinte, pegou duas moedas de prata e entregou-as ao dono da pensão, recomendando: ‘Toma conta dele! Quando eu voltar, vou pagar o que tiveres gasto a mais’”.

E Jesus perguntou: 36“Na tua opinião, qual dos três foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?” 37Ele respondeu: “Aquele que usou de misericórdia para com ele”. Então Jesus lhe disse: “Vai e faze a mesma coisa”.

 

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

    Amamos a Deus quando amamos o nosso irmãos, o contrario disso é fingimento e dissimulação. Tudo é mais fácil quando ainda se encontra nos lábios, devemos converter nossas palavras em ações para que elas tenham frutos. Se ficarmos somente em palavras, onde dizemos: Amamos, amamos, amamos Deus e nada fazemos em favor do nosso próximos, só passamos de mentirosos.

Devemos acordar para a vida em Deus, não podemos permitir que o sono da escuridão nos leve para a comodidade de uma vida morta. Estaremos vivendo Deus, e, fidedignamente, amando a Deus quando acordarmos para o bem e vivermos fazendo para o nosso próximo. Não deixeis que o vosso irmão morrer de frio quando vosso coração esperdiça calor.

Para sermos verdadeiros filhos de Deus temos que está sempre atentos as necessidades de nosso próximo, para que nunca permitamos que ador do nosso próximos passe despercebida por nosso olhos; que nunca nossos ouvidos se fechem aos clamores de nosso irmãos, para que não esqueçamos que necessitamos da felicidade de outrem para sermos felizes.

Ensina-nos, ó Santa Maria, a sermos como o vosso filho, sempre atentos para a necessidades de nossos irmãos.

Quem estende a mão ganha um irmão

Tags

, , ,

Evangelho (Mt 9,9-13)
— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.

11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

    Os braços que não se abrem para os mais necessitados se fecham para as bençãos dos céus. É muito difícil acolher um irmão que sabemos que não vive uma vida virtuosa, porém devemos acolher a todos, não somente devemos mostrar um rosto feliz para os bons. Temos, e como temos, também que mostrar a face da paz para aqueles que são maus, pois muitos vezes estes só precisam de um sorriso para mudar de vida.

Um simples sorriso pode destruir anos de magoa, como uma torrente de paz. Quando nos fechamos para o outro só por este viver uma vida indigna, nos colocamos ao lado dos que não anseiam por mudança. Quando nos colocamos a disposição de nosso irmão, prontos para mudar-lhe a vida, ganhos bônus para vida inteira, pois ganhamos um fiel amigo. Ganhamos mais ainda se este for um grande pecador.

Pouco conheciam da vida eterna, do reino dos céus, os que criticavam Jesus por se pôr à mesa com pecadores, pois não sabiam que este Messias estava a ensinar seus discípulos como eles poderiam ganhar a vida eterna. Converter um coração duro é fazer florir um novo bosque, é dá uma rosa a esperança de um mundo melhor. Sede instrumentos da misericórdia,   lutai pela conversão dos pecadores.

Ensina-nos, ó Mãe Santíssima, a sermos bons pregadores do evangelho de Cristo, que saibamos converter os corações mais duros.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 10.215 outros seguidores