Tags

, , , , , , , , ,

Salve Maria!

Vamos Jovens!

louvar

Doces irmãos, como nossa incredulidade assusta, muitas vezes nossa incredulidade assusta a nós próprios, pois ela é muito grande, mesmo sabendo dos grandes prodígios que nosso Deus manifestou para nós e para nossos pais assim mesmo nós não acreditamos que sairemos vencedores, nós quando vemos o sofrimento logo imaginas que iramos sucumbir aquela tremenda dor, qualquer mordida de formiga para nós é uma dor imensa, mesmo que ainda o sofrimento não seja gigantesco nós já começamos nos queixar, alguns poucos chegam até a maldizer nosso Deus. Nossa incredulidade nos afasta da graça, por duvidarmos da providencia divina nossa fé fica fraca, devemos mesmo diante das adversidades crer, mesmo se as ondas forem violentas devemos continuar, não devemos nos lançar no mar achando que o navio irá naufragar, pois não irá, não haverá tempestade capaz de naufragar essa barco, pois esse barco é Jesus e ele é invencível. Quem poderá derrotá-lo? Ninguém.

Caríssimos, por quantas vezes duvidamos, por quantos dias achamos que o cansaço seria maior, nós quando vemos o tempo passar e as tormentas só aumentarem, nosso limitação imediatamente nos impeli a pensar que não mais veremos o sol que nos retira do frio degradante. Mas quando mais desacreditamos no inacreditável é aí que nosso Deus nos demostra como ele é o Deus do impossível, Deus esse que faz do impossível se tornar possível, pois ele é o Deus do impossível e tudo para ele é possível. Leiam essa passagem: “Então o povo murmurou contra Moisés: ‘Que havemos de beber?’ Moisés clamou ao Senhor, e o Senhor indicou-lhe um madeiro que ele jogou na água. E esta tornou-se doce. Foi nesse lugar que o Senhor deu ao povo preceitos e leis, e ali o provou. Disse-lhe: ‘Se ouvires a voz do Senhor, teu Deus, e fizeres o que é reto aos seus olhos, se inclinares os ouvidos às suas ordens e observares todas as suas leis, não mandarei sobre ti nenhum dos males com que acabrunhei o Egito, porque eu sou o Senhor que te cura.” (Êxodo 15. 24-26), irmãos a nossa fé nos salvará, quando clamamos ao Senhor pedindo misericórdia ele nos atenderá. Sempre devemos crer e ouvir a voz de nosso Deus. Por quantas vezes o povo quando estava sem nenhum sofrimento entoava cânticos de louvores, mas quando viu a água faltar começou a murmurar, devemos sempre glorificar o nosso Deus não importa se estamos passando por tempos prósperos ou de penúria devemos sempre glorificar o nosso Deus.

Amados, o amor de Deus é nosso maior bem, ele é quem mais nos ama, ele é o nosso Criador, devemos adora-lo e sempre bendizê-lo, aqueles que o maldizem devemos repreendê-los para que não o façam mais, devemos para esses insensatos cantar as maravilhas de nosso Deus. Irmãos da fé, perseverem e se agarrem ao Rosário da Santíssima Virgem e reze por aqueles que não reconhece como o nosso Deus é bom e justo, devemos abrir os olhos daqueles que não veem. Ó Mãe da Perseverança, conduzi-nos pelos caminhos da perseverança, queremos sempre entoar alegremente cantos de louvor para o nosso Deus, pois ele é infinitamente digno, queremos entoar cantos em dobro para que eles sirvam para demostrar nossa gratidão e para também servir para aqueles que não agradecem. Ó mãe, intercede por aqueles que não são gratos, por aqueles que não agradecem as bondades de nosso Deus.

Ficai em paz!

Ficai com Maria!

Anúncios