Tags

, , , , , , , , , ,

Salve Maria!

Vamos Jovens!

Doces irmãos, entre erros e acertos, entre quedas e estabilidades vamosfogo seguindo, não podemos diante as dificuldades que a vida nos impões desistir, o perdedor não é aquele que tem a experiência de ver o fracasso de um intento, o perdedor é aquele que desiste ao ver desmoronar tudo aquilo que ele construiu. Ao vermos a derrota não devemos aprecia-la como algo definitivo, a derrota não é uma coisa boa, não pertence ao amor, com efeito, não é eterno, pode ser reformulada, é mutável e modificável, ao sermos vencidos em uma batalha o que, como bons vencedores, iremos fazer é, erguer nossa cabeça e buscar a força para vencer a próxima batalha. Já é um vencedor aquele que se levantou de sua derrota para lutar pela vitória.

Caríssimos, a depressão, um problema hoje que afeta uma parte considerável da população mundial, como tal não poderíamos nos esquivar, nos esconder ou fazer que não vemos a existência de tão terrível problema. Por que isto se dá? Devido a falta de animo para continuar a lutar, quando nossa carne convence nossa espirito de que não temos mais força e não conseguiremos reverter a situação de desespero em que nos encontramos. O achar que a derrota é algo irreversível é o que nos torna fracos. Devemos, como muitas vezes já fora citado, ser uma perfeita oferta para o nosso Deus, como tal devemos passar pelo fogo para que possamos exalar odor agradável para o Nosso Deus. “Este é um sacrifício consumido pelo fogo, de agradável odor”. (Levítico 2,2), não que o nosso sofrimento compraz o nosso Santo, Santo, Santo Deus, não, somente através do fogo – o sofrimento – verdadeiramente, de corpo e alma, em verdade e espirito, declararemos o quanto amamos nosso Deus. Passar pelo fogo muitas vezes é materializado nas derrotas que sofremos em nossa vida, passar por essas derrotas confiantes que venceremos é um odor agradável para o nosso Deus.

Ó Mãe da fé, enche, ensina-nos, leva-nos pelos caminhos da fé, como agradável é tua fé, pela tua fé foi que confiastes na promessa do anjo, as palavras conduzidas de Deus para ti, diante de todos os sofrimentos, do fogo, tu bem soubera permanece crente que conseguiria alcançar a vitória, tu bem soubera que teu Deus nunca te abandonaria. Ó Mãe, como difícil é sempre acreditar, os sofrimentos impele que nossa carne tente nos convencer que não venceremos, pelo teu Rosário, a cada meditação sobre os mistérios vamos, paulatinamente, entendendo que o amor de Deus nunca nos abandona, e, se sofremos é porque servirá para o nosso crescimento. Ó Mãe da fé ensina-nos a ter fé nos momentos que o sofrimento ousar a tentar apaga-la.

Ficai em paz!

Ficai com Maria!

Anúncios