Tags

, , , , , ,

Salve Maria!

Vamos Jovens!

Doces irmãos, quantas bênçãos recebemos diariamente? São incontáveis, tãocruz numerosas como as estrelas dos céus, desde o nascimento recebemos benção que verdadeiramente nunca conseguiremos retribuir. Tão triste é ver este mundo, que mesmo diante de tantas graças, a luz que sem nos acompanha, a vida que nos faz viver. Como doce são estas graças, tão triste é ver a rebeldia deste mundo, que mesmo diante de tantas graças ousam desagradar nosso Deus. Quantos pecados temos, diversos, sempre pecamos, mas mesmo assim nós sendo tão indignos Deus nos ama e nos enche de seu amor. Devemos sempre agradecer por tamanha bondade.

Caríssimos, devemos sempre agradecer. Mas como poderemos agradecer? Não é uma pergunta de difícil, como uma oferta singela, mas não sendo holocaustos ou sangue de animais, não, devemos oferecer o que de há de melhor em nós, nossa alegria, nosso amor, nosso comprometimento, nossa fidelidade, em fim, temos que ofertar a nós mesmos. Como alegra o nosso Deus aqueles que se ofertam de bom grado. Em muitos a felicidade não mais são visíveis em seus rostos, isto é decorrente de sua vaidade que não lhe deixa desposar-se para que possa oferecer sua vida ao nosso Deus, não precisamos de muito desprendimento, pois ao nos entregar nas mãos de nosso Deus só estaremos fazendo aquilo que nossa essência nos pede, fomos criados a imagem e semelhança de nosso Deus, em verdade, fazer aquilo que Deus quer nos anima, faz nosso alma feliz, o sopro que em nós habita transborda dando vida aquilo que não têm, tão bom é ver tamanha benção, o sopro que há em nós, quando nos oferecemos a nós mesmos como uma perfeita oferenda, nossa vida começa a gerar vida e este mundo que antes tinha cor de morte se renovará e a vida redará novas cores a terra.

Mãe da vida, como doce é tua alma, quanta felicidade teve aqueles que quando tu estavas aqui – na terra – tiveram a felicidade de contigo estar, o sopro de vida que Deus ti destes enche, encheu e encherá todos de vida, pois a vida que há em ti renova a vida daqueles que não têm vida, aqueles lugares que a cinzas que cobriam a felicidade foram destruídos, só pelo teu sorriso as trevas tremiam e tremem, quanto contagiam, teu amor a forma que vós falas é tão doce que a própria brisa se refresca com tua voz. Ó Mãe, ensina-nos a ser como ti, uma perfeita oferta.

Ficai em paz!

Ficai com Maria!

Anúncios