Tags

, , , , ,

Salve Maria!

Vamos Jovens!

Doces irmãos, como bom é estar com a graça, viver na graça, com ela sorri eMary singing the Magnificat_maulbertsch cantar. Como é bom saber que o nosso Deus em nós faz morada, nós somos infinitamente amados por ele, todos nós, não importa se somos grandes pecadores ele nos ama e nos chama a conversão, cada novo minuto é uma nova chance de viver uma vida de graça, longe, bem distante do pecado é onde devemos estar, como feliz é a vida daquele que abandonou o pecado para sempre, esse que é feliz. A felicidade só habita no coração dos que fogem do pecado, quem anda e faz apologia ao pecado não é feliz, a infelicidade é uma das consequências que aqueles que pecam assumem, Devemos ser felizes, nosso Deus nos chama a felicidade. A vida feliz, eis o que já temos se na santa estrada percorremos.

Caríssimos, a infelicidade parece ser algo contagiante, como destruí, é como se fosse uma doença, é uma doença, doença da alma que como um vírus maléfico se espalha no ar e destruí os sorrisos daqueles que viviam a cantar. Aqueles que por escolha própria decidirão viver no pecado carregam em seu transpirar um odor terrível, de dentro de si sai um bafo terrível que é a maldade, por onde passam destruí a felicidade daqueles que eram felizes mais que não estavam no caminho da graça – e isto faz de sua felicidade algo que facilmente pode ser mudado – e esses que foram contaminados, no lugar onde só habitava a felicidade hoje o ódio é que rege. Irmãos, da mesma forma que os maus podem levar outros a abandonarem a felicidade assim nós também podemos fazer, nós filho da felicidade, promotores da concórdia, podemos no nosso leve jeito de agir atrair mais filhos para a graça, nosso alegria fará renovar a daqueles que se encontra a apagar, faremos aqueles que não conhecem a felicidade passarem a conhecê-la. O amor é tão contagiante que até aquele que isto não o conhecem quando o veem ficam encantados e, logo dele também querem comungar.

Mãe da alegria, ó propagadora da felicidade, visita os nossos lares, visita nossas famílias, com a tua inefável presença certo será que um brilho de alegria surgirá no rosto daqueles que tu visitara. Visita, ó mãe, mormente nossas famílias, nossos pais que se encontra em estado tão terrível de tristeza, e devolve a eles com seu amor que é tão envolvente a felicidade dos tempos do namora, deve a estes os sonhos que tinham de fazer um mundo novo. Ó Mãe, intercede por nossas famílias, pois se a família está triste o mundo é triste, se a família faz de sua casa a morada de Deus o mundo é totalmente submisso ao seu mestre.

Ficai em paz!

Ficai com Maria!

Anúncios