Tags

, , , , , , , , , ,

Salve Maria!

Vamos Jovens!

Doces irmãos, quem poderá nos derrotará? Quem sairá em nosso encalço e noságuas da vida oprimirá? Amados, quão fácil é responder isto, simplesmente ninguém! Se estivermos com aquele que é, aquele que não é não nos fara mal nenhum, ao estarmos com ele nós tomamo-nos invencíveis. Se a luz está conosco não haverá trevas a nos assombrar, tudo será vencido, possa que sobrevenha sobre a nossa vida terríveis tormentas, mas seus fortes ventos não nos afligirão, pois temos em nosso coração a mansa brisa, ela sempre nos acalmará, nos momentos mais difíceis é que ele se mostrará.

Caríssimos, como dói ver este mundo que persegue os que promovem a paz, este mundo, quanta hipocrisia, os que pedem a paz são os mesmo que impõem suplícios aos promotores desta. Oh, Mundo, quando tu acordarás, não será com armas, com gritos e, com desprezo que alcançaremos a felicidade almejada, não será com riquezas que não duram um dia que compraremos a paz, não será com belas praças, não será com belas palavras, mas com as nossas obras, obras que aprenderemos a fazer com aqueles que já a fazem. Irmãos, a perseguição que teremos que suportar é o preço de escolher e andar com a verdade, o mundo que vive mais não vive, o mundo que é difundidor da mentira não compreenderá nossas palavras, pois falamos da verdade, e estes tristes, acham que a mentira é a verdade, quando a ouvem, a verdade, pesam que é a mentira, que triste confusão que só os arrastam para uma ilha de triste gritos tenebrosos. Filhos, mesmo vivendo em meio a perseguição, em meio as calunias, em meios aos flagelos, nós venceremos, já somos vencedores, aquele que escolheu viver a verdade pelo simples fato desta escolha – tão imensa riqueza – já é por excelência vencedor, isto comprova-se pelo decorrer da historia, mesmo com tantas adversidades o povo cresce e cresce.

Ó Mãe da fé, ensina-nos a crer, crer em meio a descrença de todos, crer em meio a derrotar. Ó Mãe, quando nosso trabalho não render frutos, ensina-nos a esperar até que possamos crescer e produzir cem por um, não que nossos trabalhos logo de inicio não redão, mas sabemos que só conseguiremos produzir frutos visíveis ao passar dos dias, pois uma árvore não começa a produzir logo quando a semente cai no chão, mais leve dia e anos, para que ele alcança o estado adulto e comece a produzir, assim somos nós, temos que crescer na fé para podermos produzir. Ó Mãe, professora nossa, ensina-nos, ensina-nos, ensina-nos a contigo sempre andar.

Ficai em paz!

Ficai com Maria!

Anúncios