Tags

, , , , ,

   Buscar-te, sempre andarei à tua procura, ó Santa Alegria, por saber que minhaRainha tristeza é decorrente dos meus maus atos, somente por isto. Por não saber, ó Conhecimento, que amando descubro o amor e descobrindo este também te descubro. Como é grande a minha tristeza. Sempre fiz da vingança o alicerce da minha vida, não quero isto mais para minha vida.

   Sempre desejei viver uma vida normal, eu me apaixonei pelo paixão de querer viver a paixão, isto foi o meu fracasso. Quis viver o ordinário, porém tu me chamavas ao contrário, por pura cegueira eu nega. Amando o que não se devia amar, assim seguia pelos meus escuros e frios caminhos.

   Todavia, quando em nada mais acreditava, há não ser na derrota que me aterrorizava, vi em um belo céus surgir a luz, mas não era a luz em si, porém aquela luz trazia a luz, era a luz. Quando me mergulhei naquela luz descobri que aquela luz não era a luz, mas nos levava fielmente a luz. Era Maria, minha mãezinha, no momento mais difícil ela estava lá e me soergueu, ela, não, seu filho, como sou alegria por ter uma Mãe copiosa, somos alegres. Cheio da luz eu despejo esta àqueles que não tem a luz.

Anúncios