Tags

, , , ,

   Parai e escutai: uma voz vos chama, pede-te que vá para o deserto. Nos teus sonhos um clamor grita mais forte, mais forte que os teus desejos mais fortes. Uma lagrima alimenta tua alegria de não mais chorar, um sorriso aponta o caminho para a felicidade, é o novo mundo que nasce na nascente deste rio.

   Eis o tempo propiciou para realizarmos os nossos sonhos, para realizarmos o a solidãonosso maior sonho, o de ser feliz. As correntes do desespero não mais nos prende, não temos mais a triste sensação que o perdão não nos alcançara, a pureza nos purificou, a pureza se fez impura para nos purificar, nós que outrora éramos totalmente impuros. Porém, ainda há um desejo, sedo este, o de todos libertar, ainda há aqueles que, por ignorância, preferem viver a escravidão, não conhecem a doçura de ser livre. Peçamos a Nossa Santa Mãe Puríssima que nos auxilie nesta batalha de libertar os que não conhecem a liberdade. Para isso fomos criados, para a liberdade, para a felicidade, não há liberdade plena se não estivermos com os nossos irmãos, bem como se não nos entregarmos aos nossos irmãos.

   Vivei o sofrimento, sentimento este que é a nossa alegria, não que estejamos falando que sofrer é ser feliz, ou é isso que fazemos ao ponto que somos felizes. Mais sim, e como sim, a nossa alegria é sofrimento aos olhos desta geração perversa. Entregar-se para outrem é um absurdo para os perversos, é uma terrível dor viver para o irmãos, viver ajudando o irmãos, é isso que fazemos, por isso eles nos conceituam como sofredores. Se doar-se é sofrer, sofreremos.

Anúncios