Tags

, , , ,

Por quê a dor insiste em bater a nossa porta? Grande pergunta que afligem os corações mais sofredores, não sofrem por passar por terríveis doenças físicas, mas por uma terrível doença espiritual. Os homens não compreendem o motivo de tanto sofrimento tantas pessoas que mesmo tendo tudo e todos à sua volta assim mesmo derramam lagrimas imotivadas. Não nos sacia a água da por este mundo.

Fomos libertos, disto todos sabemos, como consequência podemos escolher aquilo que queremos viver. Não estamos presos as correntes que nos obrigava a viver uma vida que não era vida, que nos obrigava a viver a pura desolação. Mas, mesmo ainda estamos cegos e nossa cegueira nos impele a cair no primeiro buraco.

A dor é escolha nossa, pois decidimos estar no pleno sofrimento, porém muitos podem dizer: não temos forças. Isto é verdade a nossa fraqueza, a nossa cegueira, a nossa falta de perseverança nos impõe isso. Mas uma forma bem eficaz de suportar todas as nossas más inclinações, sendo esta, clamar ao Senhor da força a dar-nos força. Não é a dor que bate a nossa porta, somos nós que batemos em sua porta. Peça força para que vós sempre estejais apitos a dizer não a dor.

DE MARIAE NONQUAM SATIS

TOTUS TUUUS

Anúncios