Tags

, , , ,

   Doces irmãos, hoje vos convido a debruçar-se em vossos pensamentos com fim de refletir sobre os problemas deste século, algo não tão fácil se observarmos que também nos estamos inseridos neste assunto, também somos seculares. Por primeiro devemos ter em mente que observando e identificando os grandes problemas deste tempo devemos ter como objetivo criar uma saída uma solução para tal enfermidade(s).

   Vejam, caros, hoje nos preocupamos de forma demasiada com o nosso crescimento econômico, onde desejamos possuir o máximo de riquezas que conseguirmos. Muitos tomam como algo desprezível sonhar ferozmente com a posse em grande quantidade de riquezas. Porém sim não o vemos, conquanto não vemos problema no sonhar com possuir riquezas, vemos como algo bom, mas sim no que estes que sonham têm como riqueza.

   Resumidamente hoje sabemos que o sonho com riquezas é feraz em si este não é o problema, mas em que empregamos o conceito de riqueza. Este sim é o problema: em verdade o que é riqueza? Sem embaraços, riqueza temos como algo bom e desejável como tal não pode ser limitado e nem perecível, desde de sempre aquilo que tomamos como bom é algo durável e não encontra limites, não podemos nos desfazer dos conhecimentos dos antigos.

   Hodiernamente o que conhecemos como riquezas não passam de quimeras, e, com isso, não são riquezas, visto que aqueles que o possuem não passam de miseráveis. Alcançar a verdadeira riqueza é alcançar a paz consigo mesmo. Vemos a riqueza – não incomodai-vos com a excessiva repetição da palavra riqueza, é o nosso método – como tudo aquilo que é bom, como o receptáculo que sustenta a felicidade.

   Enfim, a junção de todos os bens que existem em um só círculo, eis o conceito de riqueza. Em uma pala: Deus é a riqueza, imperecível e ilimitado. Quem o alcança é feliz, pois tem a verdade. Deve ser desejável e procurado por todos nós, suas criaturas. Quem o alcançou, em sua plenitude, foi a santíssima Virgem, onde até hoje não houve nenhuma outra criatura que se deliciou tanto da riqueza como nossa augusta mãe. Sigais o exemplo da virgem, buscai a riqueza.

A paz de Maria!

Anúncios