<< Aquele que tentar salvar a sua vida irá perdê-la. Aquele que a perder, por minha causa, irá reencontra-la. >> (Mt 10, 39).

       A poeira do final de tarde traz-me as lembranças dos tempos passados, como me leva para uma dimensão onde tudo é triste. Logo de imediato vem uma profunda tristeza que me diz: chegou ao fim. Mas há em mim há uma força sobrenatural que me leva ao ápice da coragem e eu resisto.

       A nossa vida tem muitos obstáculos que nos proíbe de seguir em frente sem olhar porá traz. Somos como a mulher de Ló, que mesmo sabendo que olhar para traz lhe atrairia maldições para sua vida assim mesmo olhou. Deus no-lo deu uma vida para que sejamos livres, não nos concedeu viver acorrentados ao passado. É bem verdade que abandonar aquilo que já estamos apegados é pesado, mas necessitamos disso. Há coisas sim que podemos nos apegar e viver isso ao máximo, não são muitos, mas existem.

       Uma das coisas que podemos nos apegar é as nossas boas obras, isso podemos viver sem limites, esta leva-nos a outras que podemos mergulhar profundamente, sendo esta: Deus. Podemos viver Deus em nossa história sem hesitar, podemos vive-Lo profundamente, pois está é a fonte de bênçãos de nossa vida. Deus é o ser supremos que traz para os nossos dias uma alegria profunda, não precisamos temer de se entregar a ele. Com efeito, abandonar nossa vida para vive-Lo é conquistar uma nova alegria, abandoná-Lo é perder tudo que poderíamos ganhar.

       Entregue sua vida a Cristo, abandone sua vida por Cristo e vida terás.

       Ó Deus, concede-nos, pela intercessão da virgem santíssima, uma alegria eterna; que sejamos fortes para vencer os nossos medos e possamos abandonar tudo que é necessário para seguir teu filho. É o que vos pedimos por Cristo na unidade do Espirito Santo. Amém.

Anúncios