Tags

, , , ,

O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

Glória a vós, Senhor.

Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho unigênito.

Ora, o julgamento é este: a luz veio ao mundo, mas os homens preferiram as trevas à luz, porque suas ações eram más. Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. Mas quem age conforme a verdade aproxima-se da luz, para que se manifeste que suas ações são realizadas em Deus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

> Quando estamos longe das boas obras, quando nosso coração está longe da graça, procuramos nos afastar dos meios que possam manifestar nossas más obras, pois apontaram nossos erros. Ter os nossos erros revelados ou apontados não é uma das melhores sensações, mas em certos momentos se faz necessário. Quando estamos em uma organização os nossos companheiros devem apontar nossos erros para que possamos crescer, para que nos cresçamos e para que nosso grupo cresça em caridade.

       Quando alguém cometer um erro contra nós devemos seguir as orientações que Jesus nos passou, isso se ele pertencer a Igreja, mas se for um filho afastado devemos só perdoar, enfim devemos afazer: “Se teu irmão tiver pecado contra ti, vai e repreende-o entre ti e ele somente; se te ouvir, terás ganho teu irmão. Se não te escutar, toma contigo uma ou duas pessoas, a fim de que toda a questão se resolva pela decisão de duas ou três testemunhas. Se recusa ouvi-los, dize-o à Igreja. E se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano.” (Mt, 18, 15-17). Assim que devemos proceder.

Mas peçamos a Nossa Senhora que nos ajude a seguir seu exemplo e se afastar das iniquidades, para que possamos ser boas criaturas diante dos olhos de nosso Criador.

Anúncios