Tags

, , , ,

Evangelho do dia (Jo 17,20-26)

 — O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus ergueu os olhos ao céu e rezou, dizendo: 20“Pai santo, eu não te rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela sua palavra; 21para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.

22Eu dei-lhes a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um: 23eu neles e tu em mim, para que assim eles cheguem à unidade perfeita e o mundo reconheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim. 24Pai, aqueles que me deste, quero que estejam comigo onde eu estiver, para que eles contemplem a minha glória, glória que tu me deste porque me amaste antes da fundação do universo. 25Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes também conheceram que tu me enviaste.

26Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o tornarei conhecido ainda mais, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

    Em um mundo tão individualista é fácil dizer que é impossível viver uma realidade em comum. Acreditar que dois podem se tornar um é uma mentira incontestável para os desse século. O mundo se tornou uma casa somente para um, o individualismo. Como animais não racionais se tornou o ser humano, por acreditar que é super racional o homem tornou-se irracional.

    Mas há um remédio para essa enfermidade terminal, acreditar em Jesus Cristo. Se pormos nossa confiança em Cristo, cada um em sua particularidade, conseguiremos retirar nossa família, nossa nação, nossa planeta desse individualismo terrível. Somente a crença em Cristo nos fará libertar dessa realidade presente. Cristo é a força que unirá todos os elos.

    Nosso Divino Mestre nos chama a viver a unidade para que sejamos um só com Ele e com  o Pai. É pelo amor interminável de Cristo que o mundo ainda continua a ter pessoas que vivem a amor, que por si só é uma fonte que liga duas pessoas inteiramente distintas em um único redil, o redil do amor. Jesus é o amor que envolve as pessoas a se tornarem uma só mesmo sendo diversas.

Rezemos pela intercessão de Nossa Senhora para que saibamos viver a unidade que Cristo nos propõe.

Anúncios