Evangelho (Mt 20,20-28)

 

— O Senhor esteja convosco.

Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

 

20Naquele tempo, a mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”.

22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. 23Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é que dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”.

24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem.26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.

 

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Grande é aquele que sabe servir seus irmãos mais necessitado. É custoso não deixarmos seduzir pelo desejo de ser grande, pois é mais fácil viver a soberba do que a misericórdia. Não podemos nos deixar seduzir por uma vida de facilidades, onde estaremos sendo servidos a todo momento. Devemos buscar servir antes de ser servidos, visto que se por a serviço enriquece a alma.

Verdadeiro campeão é aquilo que se doa para o irmãos. Em um mundo extremamento competitivo  parar para ajudar o próximo pode ser visto como um ponto negativo, tendo como pensamento que estaremos perdendo tem, estaremos deixando de ganhar, verdadeiramente não  estaremos ganhando fundos para esse mundo, porém estaremos conquistando prêmios para vida eterna.

Quem para e ajuda perde tempo para o mundo, mas ganha a eternidade para a vida futura. Devemos ter nossos olhos fitos no mundo futuro, se deixarmos de olhar para aquilo que esconde o horizonte não chegaremos longe, pois este mundo diz: vá pise seu próximo, seja grande, porém Deus nos diz: pare, ouça seu irmão. Cabe a nós escolher que caminho percorreremos.

Ensina-nos, ó Mãe, a escolher antes de tudo querer ser santos não grandes para esse mundo.

 

Anúncios