Tags

, , ,

Não há aquele que possa dizer que nunca passou por um momento de incerteza. Todos nós por mais sábios que sejamos sempre estamos a pensar o que será de nossa vida. Muitos nesta incerteza buscam caminhos que os levam para caminhos distantes da graça divina, isso se dá por causa que uma alma indecisa não está preenchida de luz e isso é porta para o maligno. Uma alma vazia anseia por um preenchimento, pode escolher para lhe preencher coisas boas como coisas más. É um perigo constante, uma alma vazia é como uma jarra que sonha com água.

Não devemos ficar estático, pois há diversas almas sem uma escolha para sua vida, as almas indecisas. Temos que levar a graça de Deus para essas almas, devemos profetizar para estas um mundo de conquistas e santificação. É através de uma alma preenchida pela graça que fará uma alma vazia sair desse estado. É como vaso que permite que seu conteúdo seja despejado para outro recipiente. As almas que se encontram cheias de Deus que, porém, não permitem que transborde, encontram-se ainda distante da graça total, ainda precisam encher-se mais.

Não poderemos acreditar que a missão de um santo encontra um final. Mesmo no céu as almas santas continuam a trabalhar pelo reino de Deus. Como Deus é terno, seu trabalho também é eterno, e aqueles que escolhem trabalhar na messe de Deus devem se acostumar com um trabalho enfadonho e interminável, porém de grande recompensa. Devemos nos acostumar com o trabalho eterno, devemos sempre buscar preencher as almas vazias, assim como um dia também nossa alma esteve vazia e encontrou um bom servo do Rei Altíssimo que a preencheu.

Anúncios