Tags

, ,

Nos dias atuais é difícil acreditar em tudo que a Igreja pede que acreditamos. Vivemos em um tampo de grandes informações, que tudo parece que é relativo, que não existe verdade fixa. Vivemos no tempo das verdades flexíveis, visto que tudo pode ser mudado pelo discurso de alguém que possui uma forma bonita de falar, não importa a forma que se está a se falar, mas se é bonito o que está a se dizer, é aceito imediatamente. Parece ser um disparate, mas é o que se se está a acontecer.

As verdades flexíveis não nos levam a nada, possa até que pensemos que elas podem nos levar a algum lugar, mas não nos levaram a lugar nenhum. Como é fácil aceitar algo que é passageiro, pois hoje estaremos de um jeito e amanhã não mais precisaremos seguir aquele caminho. Como é simples. Podemos dizer que tudo é mais leve quando não precisamos seguir um dogma. Como os dogmas são duros. Uma coisa que não muda ao passar do tempo exige perseverança daqueles que estão dispostos a seguir.

Não podemos acreditar que Deus é um deus flexível, que através dos tempos vai mudando conforme os caprichos de seus filhos, de suas criaturas. Nós podemos mudar. A cada dia que passa ousamos querer algo novo, exigimos mudanças de nós mesmos. Não é ruim querer sair da mesmice, não somos obrigados a permanecer com o mesmo corte de cabelo, com a mesma roupa, com o mesmo sapado, não, não existe o dogma da roupa.

Há coisas que são alteráveis por sua própria natureza, pois se permanecessem sempre da mesma forma se tornariam insuscetíveis, bem assim existe outras que não são alteráveis. Nosso Deus é inalterável. Não acordaremos e sentiremos um Deus diferente, não podemos acreditar que existe o deus da moda e o deus antiquado. O amor de Deus permanece intocável, assim como Ele amou Pedro, assim mesmo Ele nos ama. Seus dogmas também são inalteráveis. Mas podemos dizer: os dogmas não são da Igreja e a Igreja não é uma criação humana?

A Igreja é humana e divina, divina por ser de Cristo, e é Cristo, e humana, também por ser Cristo humano, mas principalmente por nós sermos seus membros. Os dogmas são de Deus, são dados por Deus. Tudo que há na Igreja foi revelado pelo Espirito Santo e deve ser honrado por todos aqueles que amam o seus Deus, e podem acreditar: nunca virá a ser alterado.

Anúncios