Tags

, , ,

Quantas coisas dedicamos um valor tão especial. Porém devemos refletir: será que elas possuem realmente o valor que dedicamos? Será se são tão valiosas como imaginamos? Muitas vezes a resposta é não. Vezes dedicamos muito valor a coisas que são pequenas, que não merecem um por cento do amor que temos sobre eles. Há coisas que são pequenas e que não devemos amá-los de modo tão agudo. Uma dessas coisas é o dinheiro. Quantos sãos os que dedicam toda sua vida ao dinheiro.

Não estou a pedir que todos vivam de modo franciscano, mas que busquem amar mais as coisas que valem mais do que as pequenas. O dinheiro serve para destruição quando o temos como o nosso deus. Sempre teremos ele como o nosso deus quando abandonarmos as coisas que outrora mais amávamos por ele. Quanto não são aqueles que desprezam a família por simples migalhas. O dinheiro não pode ser maior do que aqueles que estão em nosso lado. Devemos dar as coisas o lugar devido. Temos que buscar um futuro confortavelmente melhor, porém ser querer abandonar o que é o melhor da vida.

Por nada devemos abandonar nossa família. Devemos sempre está com ela, pois será nos momentos mais duros que veremos como ela é importante; como ele sempre está ao nosso lado, mesmo que não mereçamos. Tenham certeza, mesmo que nós sejamos os piores seres humanos sempre haverá uma família para nos acolher. E quando deixarmos nos apaixonar para vida doméstica, seremos seres humanos mais responsáveis, saberemos amar e viveremos com mais sorrisos no nosso rosto. Há família é santificada quando santifica.

Devemos ter como tesouro aquilo que realmente é: devemos ter como tesouro nosso Deus, o reino dos Céus. Quando desejarmos viver Deus, saberemos ser santos e assim viver a felicidade de uma vida que não passa. E seremos de Deus quando amarmos e vivermos nossa família. Deus está nas famílias e as famílias estão em Deus. Esses são dois tesouros que na verdade são um só. A família é o maior bem que possuímos e Deus é a única e maior riqueza que podemos extrair dessa instituição. Nosso amado Deus nunca exigirá que abandonemos nossa família. Possa que Ele exija que saiamos de casa, mas pede que a levamos no nosso coração, para santificar todos os seus membros. A família é o meio pelo qual alcançamos a paz da salvação.

Anúncios